sábado, 19 de abril de 2014

PRINCIPAIS PLANTAS MEDICINAIS BRASILEIRAS - LETRA Y

ATENÇÃO: As informações contidas neste blog apresentam apenas finalidades informativas e não devem ser usadas para diagnosticar, tratar, curar ou prevenir qualquer doença e muito menos substituir cuidados médicos adequados.
         


Yacón (Polymnia sonchifolia) 

YACÓN (Polymnia sonchifolia): Originário dos Andes, é indicado popularmente para o tratamento da diabete e do colesterol. A planta Yacón está sendo considerada atualmente um alimento nutracêutico, em razão dos estudos realizados sobre a diminuição dos níveis de açúcar no sangue, após consumo regular da planta. Além disso, a planta possui propriedades antioxidantes, sendo utilizada com sucesso na melhoria da flora intestinal, na redução do colesterol e no controle do diabetes.É consumida desde os tempos pré-colombianos. Segundo especialistas, foi no Japão que as qualidades da oligofrutose da yacón foram descobertas. Os japoneses também descobriram que as folhas usadas no chá, ajudam a evitar picos que o diabético tem quando ingere alimentos açucarados ou com muito amido, que é quando o nível do seu açúcar no sangue aumenta.

YAM MEXICANO (Dioscorea villosa L.): O Yam Mexicano ficou famoso por ser considerado um regulador natural dos hormônios femininos. Por sua semelhança de ação com a progesterona, estudos médicos têm descoberto os benefícios do Yam mexicano relacionados à TPM, menopausa e à osteoporose. Povos nativos da América Central utilizavam o yam mexicano para amenizar as cólicas menstruais. Em 1943, o yam Mexicano atraiu a atenção da comunidade médica quando cientistas extraíram a substância similar ao hormônio feminino progesterona de sua raiz. Foi por essa razão que, até 1970, essa planta foi a única fonte de progesterona usada em pílulas anticoncepcionais. Atualmente essa raiz é usada no tratamento dos sintomas da menopausa e também da artrite. Estudos em animais indicaram que o yam mexicano contém substâncias com propriedades anti-inflamatórias que podem ser auxiliares no tratamento da dor e desconforto associados à artrite e ao reumatismo. Mas a maior parte das pesquisas estão apontando que o yam mexicano pode ajudar a regular os níveis hormonais na mulher, diminuindo a famosas ondas de calor (fogachos), a fadiga e outros sintomas característicos da menopausa.

FONTE: GUIA DAS PLANTAS MEDICINAIS