terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

BIOELETROGRAFIA - antiga foto Kirlian


 A Bioeletrografia (antiga fotografia kirlian)  permite fotografar objetos, seres vivos ou parte deles (como os dedos humanos ou pedaços de plantas) com uma chapa fotográfica, submetida a campos elétricos de alta-voltagem e alta-frequência, porém baixa intensidade de corrente. A utilização da Bioeletrografia foi aprovada em 1999 pelo Ministério da Saúde da Federação Russa para uso como ferramenta auxiliar de diagnóstico médico, na sequência de um estudo realizado na Universidade Governamental de Medicina de São Petersburgo  que sugeriu alterações significativas no padrão observado na bioeletrografia em portadores de asma antes e após um tratamento, e a correlação com o estado emocional dos mesmos.

O QUE PODEMOS ANALISAR COM A BIOELETROGRAFIA?

Intoxicações, inflamações, infecções, estados degenerativos, dores em geral, tumores, alergias, cansaço, depressão, angústia, conflitos emocionais, estados alterados de consciência, sentimentos e complexos de culpa, tendência a autodestruição, fobia, medo, ansiedade, dentre outros.


No atendimento bioeletrográfico, serão fotografados a parte superior de seus dedos, resultado em fotos semelhantes  a que vemos nesta página. Estas fotos serão analisadas e você receberá, juntamente com a análise, orientações e indicações terapêuticas.


CONHEÇA UM POUCO MAIS SOBRE VOCÊ ATRAVÉS DA BIOELETROGRAFIA.


Marque seu atendimento hoje mesmo com a terapeuta Juliana de Paula:

Fones: 55(11)9-8260-2190 (tim) 
             55(11)9-9679-0999 (vivo)

Agende por e-mail: santuariohp@gmail.com